APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Papo Reto No Zap

É falso que site esteja revelando votos

Justiça Eleitoral garante que o voto é sigiloso, inviolável e não é vinculado ao CPF do eleitor

Image

Por: Evelyn Fagundes

Verificação

Publicado em 16.12.2022 | 16:17 | Alterado em 16.12.2022 | 16:17

Tempo de leitura: 2 min(s)
Esta verificação foi produzida em parceria com a Lupa e com apoio do WhatsApp WhatsApp_Logo_1

Circula em grupos de WhatsApp de Guarulhos um link para o site “Veja seu voto”, página que afirma ser possível consultar o voto a partir do número de CPF de qualquer eleitor.

Confira a verificação do conteúdo: 

O conteúdo analisado pelo projeto Papo Reto no Zap é falso. Não é possível revelar o voto a partir dos dados de um eleitor, pois, de acordo com a Justiça Eleitoral, em publicação no site Fato ou Boato, o sigilo do voto não pode ser violado, como prevê a Constituição.

O órgão ainda aponta que “não há como vincular a autoria de um voto registrado na urna a um eleitor específico” e observa que nem mesmo a Justiça Eleitoral é capaz de identificar em quem o eleitor votou.

A publicação acrescenta que “os supostos votos que o site divulga são falsos, inventados, inexistentes”, tratando-se de mais uma fake news que, como outras, tentam “desacreditar a Justiça Eleitoral e as urnas eletrônicas, bem como a própria democracia”. 

Ainda de acordo com a Justiça Eleitoral, o site “Veja seu voto” mostra resultado de supostos votos mesmo quando se inserem números inválidos de CPF: “qualquer número aleatório que seja digitado, mesmo que não seja o CPF, indicará um resultado mentiroso”.

Entretanto, este erro aparentemente foi corrigido após o site ficar fora do ar no dia 12. Segundo a verificação feita pela Lupa após o site ter retornado no dia 14, a página passou a verificar o CPF digitado em uma base de dados, impossibilitando a consulta de números aleatórios.

A Justiça Eleitoral também alerta para que as pessoas tenham cuidado ao digitar seus dados pessoais em sites, “pois pode haver risco de uso indevido dos dados dos eleitores”.

receba o melhor da mural no seu e-mail

Evelyn Fagundes

Jornalista em formação pela PUC-SP, instituição onde desenvolve sua pesquisa sobre as obras do Racionais MC's. Mãe de pet e planta, canceriana e apaixonada por música. Correspondente de Guarulhos, na Grande São Paulo, desde 2022.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.

Nenhum campo encontrado.