APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Papo Reto No Zap

É falso que WhatsApp será bloqueado por 48 horas

Vídeo é de 2015 e, em comunicado, WhatsApp negou a existência de ordem judicial que determine o bloqueio do aplicativo

Image

Por: Evelyn Fagundes

Verificação

Publicado em 03.11.2022 | 10:10 | Alterado em 03.11.2022 | 10:14

Tempo de leitura: 2 min(s)
Esta verificação foi produzida em parceria com a Lupa e com apoio do WhatsApp WhatsApp_Logo_1

Circula em grupos de WhatsApp de Guarulhos trecho do programa SPTV, da Rede Globo, em que o apresentador Carlos Tramontina afirma que o WhatsApp será bloqueado por 48 horas “a partir de hoje”. Na legenda do material aparece a mensagem: “WhatsApp fora do ar”.

Confira a verificação do conteúdo:

E olha só, o aplicativo WhatsApp vai ser bloqueado por 48 horas a partir da meia-noite de hoje. As prestadoras de serviços de telefonia móvel representadas pelo SindiTeleBrasil disseram que receberam hoje uma intimação judicial para tirar o serviço do ar (…)

– Trecho de vídeo compartilhado no WhatsApp e que, às 17h do dia 1 de novembro, contabilizava mais de 110 mil compartilhamentos no TikTok

O conteúdo analisado pelo projeto Papo Reto no Zap é falso. O vídeo não é atual, mas de 2015, quando a 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo decidiu suspender o aplicativo de mensagens WhatsApp em território nacional por 48 horas. De acordo com o G1, essa medida foi uma punição ao app por não ter liberado as conversas para uma investigação policial.

O bloqueio durou menos de 24 horas, e o funcionamento do aplicativo foi retomado após o desembargador Xavier de Souza, da 11ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo, conceder a liminar para que as operadoras de telefonia móvel pudessem retornar a disponibilizar o acesso ao serviço do WhatsApp.

Em contato feito pelo Papo Reto no Zap com a assessoria de imprensa do WhatsApp, a companhia confirmou nesta terça-feira (1º) que “a notícia é antiga e não há nenhuma ordem judicial sobre o assunto recentemente”.

Outro indício que confirma que a informação é falsa é que o jornalista Carlos Tramontina não faz mais parte do quadro de funcionários da Rede Globo desde abril deste ano.

O mesmo trecho do programa SPTV 2ª Edição, que atualmente se chama SP2, já foi usado para desinformar sobre o bloqueio do WhatsApp em 2021. No final daquele ano, a Lupa publicou uma verificação em que desmentiu a fake news que utilizava o vídeo sem o contexto adequado.

Outra variação deste conteúdo falso que tem circulado nas redes sociais aponta que a retirada do ar do WhatsApp estaria atrelada à eleição do novo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). No entanto, como confirmou a própria plataforma, não há nenhuma ordem para o bloqueio do app.

receba o melhor da mural no seu e-mail

Evelyn Fagundes

Jornalista em formação pela PUC-SP, instituição onde desenvolve sua pesquisa sobre as obras do Racionais MC's. Mãe de pet e planta, canceriana e apaixonada por música. Correspondente de Guarulhos, na Grande São Paulo, desde 2022.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.