APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Papo Reto No Zap

É montagem vídeo em que Bolsonaro e Guedes falam que vão cortar salários e aposentadorias

Trechos de entrevistas do presidente e do ministro da economia foram descontextualizados em peça desinformativa

Image

Por: Matheus Oliveira

Verificação

Publicado em 01.11.2022 | 12:56 | Alterado em 01.11.2022 | 12:56

Tempo de leitura: 2 min(s)
Esta verificação foi produzida em parceria com a Lupa e com apoio do WhatsApp WhatsApp_Logo_1

Circula em grupos de WhatsApp de Cidade Tiradentes um vídeo com falas do presidente da república Jair Bolsonaro (PL), e do ministro da economia, Paulo Guedes sobre redução de salários e aposentadorias. 

Confira a seguir a verificação:

De acordo com a apuração do projeto Papo Reto no Zap, o vídeo é uma montagem. As falas de Bolsonaro e Guedes foram editadas e retiradas de contexto.

No vídeo analisado, Bolsonaro parece dizer o seguinte: “Um corte linear de 25% nos salários, pensões e aposentadorias de todo mundo. Isso é a proposta do Paulo Guedes”. Contudo, trata-se de duas falas distintas retiradas de contexto.

No trecho original, retirado da sabatina da qual Bolsonaro participou no dia 23 de outubro no SBT, o atual presidente diz que foi contra uma proposta de corte de 25% na folha de pagamento dos governos estaduais e municipais durante a pandemia.

Tinha uma outra proposta, vindo da presidência da Câmara dos Deputados, concedendo um corte linear de 25% no salário, pensões e aposentadorias de todo mundo. Eu fui uma daquelas pessoas que foi contra isso.

– Trecho de fala do Bolsonaro em sabatina no SBT

Alguns segundos depois, ele fala sobre a proposta de taxar dividendos de pessoas que ganham mais de R$ 400 mil. Ele conclui dizendo que “isso é a proposta de Paulo Guedes”.

Depois, no vídeo falso, aparece Guedes, dizendo o seguinte: “Eu já te paguei mais a vida inteira, você já teve estabilidade de emprego, já teve um bom salário, já pôde juntar sua própria poupança, cê ainda que na velhice que o estado carregue?.” Novamente, a fala de Guedes também foi tirada de contexto e recortada.

O trecho foi retirado de uma entrevista de Guedes ao podcast Flow (ver a partir de 2h42 de vídeo). Na ocasião, ele comentava sobre a reforma da previdência aprovada em 2019, e a redução das diferenças entre os regimes próprios (dos funcionários públicos) e geral (do resto da população) da Previdência Social. Ele não está, portanto, fazendo uma proposta, e sim comentando sobre situações do passado.

“O estado brasileiro era uma máquina de fabricar privilégios. Por exemplo: (…) um cara [funcionário público] ganha 30 vezes mais que o outro, chega na velhice, o governo brasileiro paga ainda 30 vezes mais do que o outro. Já te paguei mais a vida inteira, você já teve estabilidade no emprego, já teve um bom salário, pode juntar sua própria poupança, peraí”, disse.

Alguns segundos depois, ele conclui: “Se além de ter tido privilégio de uma boa educação, ganhar um bom salário, juntar dinheiro a vida inteira, você ainda quer, na velhice, que o estado carregue também essa desigualdade lá para frente?.” 

O conteúdo começou a circular depois que a Folha de S.Paulo noticiou que o ministro planejava desindexar as aposentadorias e o salário mínimo da inflação. Após a repercussão, Guedes negou a mudança “durante o jogo”, mas admitiu ser favorável à desindexação.

receba o melhor da mural no seu e-mail

Matheus Oliveira

Bairrista até no nome, Matheus de Souza é jornalista. Com a intuição de que a comunicação vai além das palavras, busca a evolução ao som de muita música brasileira. Correspondente de São Mateus desde 2017.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.